Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



King

by Joana Cordeiro, em 29.04.19

IMG_35455-2.jpg

IMG_3565-2.jpg

IMG_3550-2.jpg

IMG_3642-2.jpg

 

King ∙ Parque da Bela Vista

 
Idade: 3 anos.
O que mais gosta: Ele adora correr e comer.
 
É uma simpatia este rapaz, tal como os seus donos! Convido-vos a seguir as suas aventuras captadas pelo seu dono que tem um jeitaço para fotografia: @doggokingmartins.
 
P.S. Na 3ª foto da sequência podem perceber que o King adorou a bola que eu tinha na mão! 
 
E o vosso Patudo? Qual é a vossa história?
 
...
 
King ∙ Parque da Bela Vista
 
Age: 3 years old.
What he likes the most: He loves to run an to eat.

 

This boy is so nice, just like his humans! I invite you to follow his adventures captured by his human: @doggokingmartins

 

P.S. In the 3rd photo of this sequence, you can notice that King loved the ball I had in my hand! 

 

And your pawfriend? What is your story?

Kira e Sky

by Joana Cordeiro, em 26.04.19

IMG_3661.jpg

IMG_3687-2.jpg

IMG_3632.jpg

IMG_3608.jpg

IMG_3609-2.jpg

IMG_3611.jpg

IMG_3614-2.jpg

 

Kira e Sky ∙ Parque da Bela Vista
 
Idade: A Kira tem 4 anos e a Sky tem 3 anos.
O que mais gostam: Ambas adoram ir ao parque e ir à praia.
 
Foi muito difícil conseguir uma foto destas meninas juntas com o seu dono Vasco, estavam super felizes a brincar com os seus amigos nesse dia, incluindo o Sal (que já conheceram em Dezembro), do Rafa, da Hera e do King (vão conhecer na próxima publicação).
 

"A Kira é doida por brinquedos e adora brincadeira no parque e na praia, parece uma criança quando lá chega! É ela quem põe ordem na matilha. Ela foi adoptada no canil de Sintra, desde o primeiro dia que nos escolheu, tanto que quando a fui buscar ela veio logo ao meu encontro!

 
A Sky é a menina social que adora conviver com os seus amigos. Adora fazer parvoíces, quando há poças de água anda aos pulos e fica toda suja. Ela foi encontrada à beira da estrada entre Mafra e Ericeira com o seu irmão quando tinha um mês e meio. Descobrimos passado uma semana de quem eram e que estavam para adopção numa quinta."
 
E o vosso Patudo? Qual é a vossa história?
 
...
 
Kira e Sky ∙ Parque da Bela Vista
 
Age: Kira is 4 years old and Sky is 3 years old.
What they like the most: They both love going to the park and to the beach.


It was very difficult to photograph these girls together because both of them were super happy playing with their friends, including Sal (you already met him in December), Rafa, Hera and King (you'll meet in the next publication).

 

"Kira is crazy about toys and loves to play in the park and on the beach, she looks like a child when she arrives! She is the one who puts order in the pack. She was adopted in the Sintra kennel, she chose us on the first day we saw her. When I was there to pick her, she came to meet me right away!

 

Sky is a social girl who loves to get along with her friends. She loves to make silly things, for example, when there are puddles of water she jumps and gets all dirty. She was found on the edge of a road between Mafra and Ericeira with her brother when they were only a month and a half old. After a week, we found out that they were from a farm nearby and they were for adoption."

 
And your pawfriend? What is your story?
 

Hera

by Joana Cordeiro, em 24.04.19

IMG_3711.jpg

IMG_3712.jpg

 

Hera ∙ Parque da Bela Vista
 
Idade: 1 ano e meio.
O que mais gosta: Ela tem dois modos, o modo energético e o modo sofá.
 
Encontrei esta menina em Lisboa, mas é uma linda Alentejana de Évora .
 
E o vosso Patudo? Qual é a vossa história?
 
...
 
Hera ∙ Parque da Bela Vista
 
Age: 1 year and a half old.
What she likes the most: She has two modes, the energetic mode and the sofa mode.

 

I found this girl in Lisbon, but she is a beautiful "Alentejana" from Évora .

 
And your pawfriend? What is your story?

Rafa

by Joana Cordeiro, em 23.04.19

IMG_35844.jpg

IMG_3579.jpgIMG_3698.jpgIMG_3593.jpgIMG_3594.jpgIMG_3595.jpg

 

Rafa ∙ Parque da Bela Vista
 
Idade: 4 anos.
O que mais gosta: Ele adora andar atrás de pombos  (quem não?) e de ladrar.
 
E o vosso Patudo? Qual é a vossa história?
 
...
 
Rafa ∙ Parque da Bela Vista
 
Age: 4 years old.
What he likes the most: He loves to chase pigeons (who doesn't?) and to bark.

 

And your pawfriend? What is your story?

Simão o beagle de Lisboa

by Joana Cordeiro, em 22.04.19

IMG_4064.jpg

IMG_4157.jpg

 

 
Simão ∙ Campo Grande ∙ @simao_the_beagle
 
Idade: O Simão tem 16 meses.
 
O que mais gosta: Adora passear pelos recantos de Lisboa e estar com os seus humanos.
 
Este menino dispensa apresentações!  Para além de ser um amor, é um símbolo de Lisboa! Todos os dias dá a conhecer o melhor que Lisboa e arredores tem para oferecer, tanto para humanos como para os seus patudos (apenas mostra spots pet-friendly!). Já sabia que o ia adorar conhecer, mas verdade seja dita, tanto ele como a sua humana são excepcionais! Foi um final de tarde muito bem passado, no spot que o Simão mais gosta: o Jardim do Campo Grande.
 
Obrigada Simãozinho! 
 
Para quem ainda não o conhece, nada melhor do que ser o próprio a apresentar-se 
 

"Olá! Eu sou o Simão, um patudo de 16 meses. 

 

Sou um beagle muito bem disposto e brincalhão que adora roer mantas, correr atrás de bolas que nunca devolvo, brincar com crianças e adormecer ao colo da minha mãe. 

 

Estou com a minha família desde o dia 3 de janeiro de 2018 e parece que revolucionei a vida deles!! Foram necessários 13 anos e uma mudança de casa para a minha mãe conseguir convencer o meu pai a ter um cão. Ele sabia que ela queria muito um beagle e nesse dia de Janeiro quando ela chegou a casa do trabalho, lá esteve eu! E saí melhor que a encomenda. 

 

Dizem que os beagles são muito enérgicos, destruidores, teimosos e com um gostinho especial para mostrar o vozeirão, mas eu não sou nada disso. É verdade que não dispenso os meus passeios, mas sou um miúdo muito mimado e tranquilo. E tenho uma missão muito especial: mostrar a minha cidade ao Mundo! 

 

A ideia de aproveitar os nossos passeios por Lisboa para tirar as fotografias que depois publicamos no instagram surgiu naturalmente, como forma de incentivar os meus irmãos humanos de 12 e 8 anos a largarem a televisão e tablets para passearem ao ar livre! Estes nossos momentos em família servem também como lições de história, já que várias praças, jardins, monumentos e ruas de Lisboa têm um contexto histórico relevante para o país. E como estas “lições” são uma parte importante dos nossos passeios, acompanham as fotografias na nossa conta de instagram!

 

Muitas vezes nos perguntam como é que a minha mãe faz para me tirar fotografias e como é que sei tanto de Lisboa! Acerca de Lisboa é fácil, a minha mãe sempre viveu aqui e é uma apaixonada pela cidade! Quanto às fotos, ainda estamos a aprender! A minha mãe nunca se tinha interessado por fotografia, nada sabia do assunto e também não tinha quaisquer conhecimentos acerca de redes sociais! Mas a necessidade aguça o engenho, Lisboa é o melhor pano de fundo que existe e eu...eu sou fotogénico e gosto mesmo que me tirem fotografias! Agora já aprendi a ficar nas poses que me pedem a troco de biscoitos, mas a maioria das vezes ainda sou eu que escolho.

 

Tem sido uma aventura e pêras... Nunca imaginámos que tanta gente se iria interessar pelo nosso projecto e isso enche-nos de alegria! Muito obrigado!!!”

 

Simão, o beagle de Lisboa"

 

---

 
Simão ∙ Campo Grande ∙ @simao_the_beagle
 
Age: 16 months old.
 
What he likes the most: He loves to hunt the best spots in Lisboa and to be with his family.
 
This boy needs no introduction!  Apart from being a lovely boy, he is a symbol of Lisbon! Every day he shows us the best that Lisbon and surroundings have to offer, both for humans and animals (he only shows pet-friendly spots!). I love to meet him and his human, they are exceptional! It was a late afternoon very well spent in the spot that he likes the most: Jardim do Campo Grande.
 
"Obrigada" Simãozinho! 
 
For those who don't know him yet, nothing better than he introduces himself 
 

"Hi! I'm Simão, a little dog with 16 months old.

 

I am a very well-behaved and playful beagle who loves to chew blankets, to run after balls that I never return to my humans, to play with children and to fall asleep in my mother's lap.

 

I've been with my family since January 3, 2018, and it seems like I've revolutionized their lives!! It took 13 years and a household moving for my mother to be able to convince my father to have a dog. He knew she wanted a beagle, so on that January day when she came back home from work, there I was! And I was better than she expected.

 

People normally say that beagles are very energetic, destructive, stubborn and with a special taste to show their voices, but I am nothing of that. It is true that I don't spare my walks, but I am a very spoiled and quiet boy. And I have a very special mission: to show my city to the World!

 

The idea of ​​taking advantage of our walks through Lisbon and to take photos to later published them on Instagram came naturally, as a way to encourage my 12 years old human brother and my 8 years old humans sister to leave the TV and tablets home and to go out in the open air! These family moments also serve as History lessons, since several squares, gardens, monuments and streets of Lisbon have a relevant historical context for the country. These "lessons" are an important part of our walks, so they go as the captions of the photos in our Instagram account!

 

Often people ask us how my mother takes my pictures and how I know so much about Lisbon! About Lisbon is easy, my mother has always lived here and she is in love with this city! As for the photos, we are still learning! My mother had never been interested in photography, she knew nothing about the subject and also had no knowledge about social media! But the need sharpens the ingenuity, Lisbon is the best background that exists and I... I am photogenic and really like to be photographed! Now I've learned to stay in some poses when they ask me with cookies, but most of the time it's just me who chooses.

 

It has been a true adventure... We never imagined that so many people would be interested in our project and this fills us with joy! Thank you very much!!!

 

Simão, the beagle of Lisboa"

 

IMG_3817.jpg

IMG_3837.jpg

IMG_3920.jpg

IMG_3958.jpg

IMG_4043.jpg

IMG_4002.jpg

Simão.jpg

 

Amigos imperfeitos

by Joana Cordeiro, em 19.04.19

Alfie.jpg

 

Vivemos num mundo sufocado pela procura do "perfeito": o vestido perfeito, o telemóvel perfeito, o carro perfeito, o emprego perfeito, o marido perfeito... e o cão perfeito.

 

É triste, mas as mesmas redes sociais que nos juntam hoje também nos afastam do que é a realidade e, acima de tudo, do que nos faz realmente feliz: estar com a família, ir ao jardim, beber café numa esplanada, ler um livro, ouvir música e agradecer tudo o que nos acontece de bom todos os dias. 

 

Temos muito a aprender... e os nossos melhores professores são os nossos meninos de quatro patas!  Vivem o presente todos os dias, sem olhar para o outro com sentimento de inveja: "Ah, o meu peitoral é mais bonito que o teu!", "Tenho os olhos mais bonitos do que tu!", "Sou mais alto!"... Os animais não tem preconceitos, amam incondicionalmente quem os quer bem!

 

Tenho vários exemplos disso todos os dias! E não é por ter menos uma pata que um animal vai deixar de ser feliz, não é por isso que vai correr menos ou desistir do bom que é ir para o jardim brincar com os seus amigos. Nem os seus amigos vão olhar para ele como menos perfeito... Ele é perfeito, é único, é genuíno! 

 

Nós humanos temos tanto a aprender com eles... Mas tanto! Não é por acaso que existe a tão famosa frase:

 

 

"I want to be the person my dog thinks i am."

- Desconhecido -

 

 

Mas uma coisa tenho que agradecer a este mundo online! Aqui encontro muitas histórias, pessoas e animais inspiradores. E foi aqui que me deparei com um projeto perfeito que hoje vos partilho e espero que amem tanto como eu.

 

Amigos Imperfeitos

 

 

O projecto "Amigos Imperfeitos" nasceu em Portimão no final de 2018. Narra histórias de animais especiais, que para muitos humanos imperfeitos (e tontos!) poderiam ser considerados animais diferentes ou indesejados. Estas histórias são narradas em vídeo e em fotografia. É fruto de muito talento e de muita dedicação dos seus mentores. 

 

Carlos Filipe, fotógrafo profissional nas horas vagas e dono do lindo Bóris a tempo inteiro, começou por fotografar estes "amigos imperfeitos" de forma a dar uma linda lembrança aos seus donos, mas cedo se apercebeu que histórias tão genuínas se perdiam em apenas um frame e mereciam ser partilhadas pela sociedade, inspirando uns e acordando outros. 

 

Foi ai que as fotografias se complementaram com vídeos, com a ajuda dos outros dois mentores do projecto: David Venâncio, responsável pela produtora de cinema ScreenInside, e de João Ferreira, voluntário da ADAP - Associação de Defesa dos Animais de Portimão.

 

É com os olhos a brilhar de emoção que vejo cada um dos episódios já disponíveis no Canal do projecto. E são projetos assim que fazem a nossa sociedade melhor. Se o mundo online tem algo a acrescentar, que seja ajudar a partilhar e a divulgar o projecto "Amigos Imperfeitos"!

 

Hoje não partilho fotografias nem vídeos da minha autoria, deixo os devidos créditos a quem os merece! Obrigada Carlos do fundo do .

 

amigosimperfeitos3.jpgamigosimperfeitos2.jpg

amigosimperfeitos4.jpg

amigosimperfeitos5.jpg

DSC_4523.jpg

Samba

by Joana Cordeiro, em 18.04.19

IMG_3514.jpg

 
Samba ∙ Jardim Praça João do Rio
 
Idade: 6 anos.
O que mais gosta: Ele adora cheirar tudo e de conhecer miúdas.
 
Segundo o dono, o Samba é um verdadeiro Don Juan! 
 
E o vosso Patudo? Qual é a vossa história?
 
...
 
Samba ∙ Jardim Praça João do Rio
 
Age: 6  years old.
What he likes the most: He loves to smell everything and to meet babes. 
 
According to his human, Samba is a true Don Juan. 
 
And your pawfriend? What is your story?

Vítor

by Joana Cordeiro, em 17.04.19

IMG_3504.jpg

IMG_3510.jpg

 

Vitor ∙ Jardim Praça João do Rio
 
Idade: 15 anos.
O que mais gosta: Ele adora dormir.
 
E o vosso Patudo? Qual é a vossa história?
 
...
 
Vitor ∙ Jardim Praça João do Rio
 
Age: 15  years old.
What he likes the most: He loves to sleep.
 
And your pawfriend? What is your story?

Miró

by Joana Cordeiro, em 16.04.19

IMG_0224 (4).jpg

IMG_3493.jpg

 

Miró ∙ Estefânia
 
Idade: 6 anos.
O que mais gosta: Ele adora festinhas.
 
Já tinha fotografado este menino há 6 meses atrás, mas na altura não estava com a verdadeira dona. Coinciência (ou não) encontrei-o outra vez e desta vez tive o prazer de conhecer também a sua dona. Fazem uma boa dupla!
 
E o vosso Patudo? Qual é a vossa história?
 
...
 
Miró ∙ Estefânia
 
Age: 6  years old.
What he likes the most: He loves to cuddle.
 
Six months ago, I photographed this boy, but at that time he wasn't with his human. Coincidence (or not) I met him again and, this time, I had the pleasure of meeting his human as well. They make a good pair!
 
 
And your pawfriend? What is your story?

Ronron

by Joana Cordeiro, em 15.04.19

IMG_8258-2.jpgIMG_8257-2.jpg

 

Ronron ∙ Jardim do Arco do Cego
 
Idade: 12 anos.
O que mais gosta: Ela adora o amor da dona, dormir e andar no Jardim.
 
Esta menina estava adoentada neste dia. Vamos todos lhe desejar as melhoras  (Impossível não adorar o seu dentinho de fora!).
 
E o vosso Patudo? Qual é a vossa história?
 
...
 
Ronron ∙ Jardim do Arco do Cego
 
Age: 12  years old.
What she likes the most: She loves her owner, to sleep and to go to the park.
 
Ronron was feeling a bit sick on this day. Let's all wish her a quick recovery . It's impossible not to love her outside tooth.
 
 
And your pawfriend? What is your story?

Bip ∙ um Herói no Vale de Alcântara

by Joana Cordeiro, em 12.04.19

IMG_2752.jpgIMG_2730.jpg

IMG_2799.jpgIMG_2746.jpg

 

Bip ∙ Estrela ∙ um Herói no Vale de Alcântara
 
Idade: 1 ano.
O que mais gosta: Adora brincar, saltar e bonecos que façam barulho.
 
A história da adopção deste menino é apaixonante: Ele é uma estrela ! Deixo aqui o testemunho do seu dono, Pedro Salvador Mendes, ilustrador de profissão e paixão.
 
"Sendo eu ilustrador, um apaixonado por animais e por ter tido um cãopanheiro nos últimos 16 anos, o Vigo, perguntaram-me se queria ilustrar uma história para crianças cegas sobre um cão que se chamava Bip. Um dos motivos da obra era para promover a sua adopção.
 
E ele até era parecido com o Vigo! 
 
Era um desafio, ilustrar algo para quem não pode ver. Ao contrário dos livros que tenho feito a aguarela, este tinha que ter relevo no contorno dos desenhos com borracha para poderem ser vistos. Teriam que ser desenhos relativamente simples, de modo a serem o mais legível possível para a sua impressão especial no papel.
 
Após a reunião aceitei as condições de pró-bono, e fui para casa ler a história e fazer uns esboços dos personagens. A história é da experiente escritora infantil Maria Luísa Ducla Soares.
 
Fui lendo e avançando na historia até que cheguei à personagem da irmã: "Que miúda irritante" achava eu, "não gosta do cachorro porquê?!". A história ia avançando e só aconteciam desgraças. Eu lia rapidamente, à espera de um sinal de um final feliz, mas depois de ser abandonado, atropelado e aprisionado... a história acabou!
 
Eu ainda procurei se faltava alguma folha, mas não, o Bip acabava num caixote com grades, pelo menos o da história, esperava eu na altura. Mas que raiva, até nas histórias os cães são abandonados! 
 
... O Bip, o cão real por detrás desta personagem era especial! Fazia parte de um projecto chamado Bip/Zip (notícia abaixo, desculpem apenas em português ). 
 
O projecto Bip/Zip estava ao abrigo da ”Mão guia” que foi um projecto de intervenção social durante dois anos. Ao contrário dos outros cães do canil, o Bip estava numa box à parte dos restantes portanto, tinha comida patrocinada, veterinário em Cascais e tudo. Em troca o Bip era treinado e ia às escolas para interagir com as crianças. Acho que tinha muitos fãs, "...o meu Bip", mas as regalias iriam acabar brevemente quando o livro fosse publicado. 
 
Em  troca de telefonemas e emails: “O Pedro sempre fica com o Bip?” - Era uma frase que ouvia algumas vezes, ou, “Vá lá, ele é um querido, louco mas querido”.... as pessoas que me abordaram para ilustrar o livro queriam que eu ficasse com o Bip porque achavam que eu era o dono ideal para ele. 
 
Mas às vezes, não é só o querer, também é o poder... E a altura, para mim, não era a melhor porque ainda estava a fazer o luto do meu Vigo.
 
Andei uns dias a pensar o que fazer! Coração ou razão? Tinha aqueles dois personagens pequeninos em cima dos ombros sempre a sussurrar aos ouvidos o que fazer. Ganhou o coração claro, óbvio... Tinha de ajudar este amigo.
 
Ao menos as desgraças da história infantil fizeram com que o verdadeiro Bip tivesse uma casa e um dono que o mima. Era esse o objectivo da história, e eu sabia-o, sensibilizar o leitor com o propósito da adopção.
 
Ora ilustrador também é leitor...
Missão cumprida cara escritora Maria Luisa Ducla Soares.
Nós agradecemos!
 
P.S. Ah... e não há irmãs irritantes!!"
 
E o vosso Patudo? Qual é a vossa história?
 
...
 
Bip ∙ Estrela ∙ a Hero in the Alcântara Valley
 
Age: 1 year old.
What he likes the most: He loves to play, jump and toys that make noise.
 
The story of this boy's adoption is fascinating: He's a star ! I leave here the testimony of its owner, Pedro Salvador Mendes, an amazing and passionate illustrator.
 
"Being an illustrator and an animal lover who had been a dog owner in the past 16 years of a dog named Vigo, I was invited to illustrate a story for blind children about a dog called Bip. One of the motifs was to promote the adoption of the real and amazing Bip.
 
And he even looked like Vigo!
 
It was a challenge, to illustrate something for those who can't see. Unlike the books I've done, this one had to have the outline of the drawings with elevation, using rubber to be able to be seen. The drawings have to be relatively simple to be as readable as possible.
 
After the meeting, I accepted the pro-bono conditions and went home to read the story and make some sketches of the characters. This story is of the experienced child writer Maria Luísa Ducla Soares.
 
I was reading and advancing in the story until I got to the sister's character: "What irritating girl" I thought, "Why she doesn't like the dog?!". The story went on, and only misfortunes occurred. I read quickly, waiting for a sign of a happy ending, but after Bip being abandoned, run over and imprisoned... the story ended!
 
I even tried to find out if there was a sheet missing, but no... Bip of the story ended up in a box with grids. I'm angry! Even in child stories, the dogs are abandoned!
 
... Bip, the real dog behind this character was special! He was part of a project called Bip/Zip (the news article is below, only in Portuguese I'm sorry ).
 
The Bip/Zip project was under the "Mão Guia" which was a social intervention project. Unlike the other dogs in the kennel, Bip was in a different box, had sponsored food and had veterinarian care in Cascais and everything. In return, Bip was trained and went to the schools to interact with children. I think he had a lot of fans, "... My Bip" they say... But the privileges would soon end when the book was published.
 
In the phone calls and emails: "Pedro, do you want to adopt Bip?" - It was a phrase I heard sometimes - or: "Come on, Bip is lovely, crazy but lovely".... the people who approached me to illustrate the book wanted me to be Bip's owner because they thought I was the ideal human for him.
 
But sometimes is not so easy... At that moment, I was still mourning my Vigo.
 
I spent a few days thinking about what to do! Heart or Reason? I had those two "little characters" on my shoulders always whispering in my ears what to do. My heart was clear, obviously... I had to help this boy.
 
At least the misfortunes that happen to Bip of the child's book led to the real Bip to have a house and owner who spoils him. That was the purpose of this book, and I knew it, to sensitize the reader to the purpose of adoption.
 
Well, in this story the illustrator is also a reader...
Mission fulfilled, dear Maria Luisa Ducla Soares.
Thank you!
 
P.S. Ah... and there aren't irritating sisters!!"
 
And your pawfriend? What is your story?
 
 

Bip.jpg

 

Gisele

by Joana Cordeiro, em 10.04.19

IMG_3437.jpgIMG_3419.jpg

 

 
Gisele ∙ Praça José Fontana
 
Idade: 2 anos e meio.
O que mais gosta: Ela adora comer manteiga (às escondidas dos donos). 
 
E o vosso Patudo? Qual é a vossa história?
 
...
 
Gisele ∙ Praça José Fontana
 
Age: 2 and half years old.
What she likes the most: She loves to eat butter (when their humans are not watching). 
 
 
And your pawfriend? What is your story?

Desconhecido

by Joana Cordeiro, em 09.04.19

IMG_3405.jpg

IMG_3416.jpg

 

 

"Desconhecido" Praça José Fontana

 

Este menino estava a passear com o seu "petsitter". Por uma questão de privacidade e por não estar com os seus humanos não pude saber muito sobre ele (infelizmente), mas ele é demasiado jeitoso para não partilhar o seu pawtrait, não concordam !? 

 

Alguém petsitter por ai? Alguma experiência que queiram (e possam partilhar) ?  

 

Algum dono interessado em conhecer este tipo de serviço ou que já conheça?

 

...

 

"Unknown" ∙ Praça José Fontana

 

This boy was walking with his "petsitter". Because of privacy matters, I couldn't know much about him (unfortunately), but he is too awesome to not share his pawtrait, don't you agree !?

 

Any petsitter out there? Any experience you want (and can share) with us ?

 

Any owner who is interested in this type of service out there?

 

Let's share experiences today!

Güera e Charlie

by Joana Cordeiro, em 08.04.19

IMG_1664-3 (2).jpg

IMG_1677-2.jpg

IMG_1687-2.jpg

IMG_1715-3.jpg

 

Güera e Charlie ∙ São Bento

 

Idade:  A Güera tem 9 meses e o Charlie tem 13 anos.

O que mais gosta:  A Güera adora conviver e roubar meias. O Charlie adora nozes e ir à praia.

 

Hoje estamos de volta a Portugal com estes dois! E que bom é voltar e conhecê-los .   

 

"A Güera tem 9 meses e já foi operada por ter comido uma meia! Da última vez que foi apanhada em flagrante a tentar roubar uma, pôs-se a si mesma de castigo, que consiste em ir para o canto da sala a olhar para a parede. 

 
O Charlie tem 13 anos e está connosco desde os 8. É filho do Hot Dog e da Pepsi. Adora fazer túneis na praia e é doido por nozes!! O gosto pelas nozes descobrimos porque numa madrugada pus o pé  (descalço!) em cima de um ninho de cascas! 
 
Uma vez fomos jantar e deixámos o Charlie na loja onde estávamos a trabalhar, quando regressámos tinha conseguido arrastar uma caixa com 50 latas de anchovas e tinha conseguido fazer furos em duas ou três latas e bebido aquela água (nada!) salgada!"

 

E o vosso Patudo?

 

...

 

Güera and Charlie ∙ São Bento

 

Age: Güera is 9 months old and Charlie is 13 years old.

What they like the most: She loves to meet people and to steal socks. He loves to go to the beach and to eat walnuts.

 

Today we are back to Portugal! And it's so good to come back and meet these two .

 

"Güera is 9 months old and has already had surgery for eating a sock!! The last time she was caught trying to steal a sock, she punished herself and stood in the corner of the room looking at the wall.

 

Charlie is 13years old and has been with us since he was 8. He is the son of Hot Dog and Pepsi. He loves to do tunnels on the beach and he loves walnuts!! We discovered that because once I put my foot (barefoot!) on a bunch of walnut shells!

 

Once we went to dinner and left Charlie alone in the shop where we worked. When we got back, we found out that he moved a box with 50 cans of anchovies and had managed to make holes in two or three cans and drink that salty water!"

 

And your Pawfriend?

Plato

by Joana Cordeiro, em 05.04.19

IMG_3207.jpg

IMG_3215.jpg

 

Plato ∙  Amsterdão  Waterlooplein market

 

Idade: 4 anos.

O que mais gosta: Adora brincar com outros cães.

 

Este menino para além de muito comunicativo tem um nome muito erudito: Plato = Platão em português, tal como o filósofo ateniense !

  

E o vosso Patudo?

 

...

 

Plato ∙  Amsterdam series  Dutch National Opera // Waterlooplein market

 

Age: 4 years old.

What he likes the most: He loves to play with other dogs.

 

This boy is very communicative and has a very erudite name: Plato like the Athenian philosopher ("Platão") .

 

And your Pawfriend?

 

Teddy

by Joana Cordeiro, em 04.04.19

IMG_30922.jpg

IMG_3083.jpg

 

Teddy ∙  Amsterdão  Vondelpark

 

Idade: 3 anos e meio.

O que mais gosta: Adora correr no parque .

  

E o vosso Patudo?

 

...

 

Teddy ∙  Amsterdam series  Vondelpark

 

Age: 3 years and a half.

What he likes the most: He loves to run in the park.

 

And your Pawfriend?

Desconhecido

by Joana Cordeiro, em 03.04.19

IMG_3070.jpg

IMG_3071.jpg

 

"Desconhecido" ∙ Amesterdão  Vondelpark

 

Tenho pena de não ter interrompido o passeio dos dois para contar esta história, mas a velocidade a que iam não permitiu ...

 

...

 

"Unknown" ∙ Amsterdam series  Vondelpark

 

I didn't stop the walk of these two to tell their story, but at this velocity, it was not possible ...

Mozart

by Joana Cordeiro, em 02.04.19

IMG_33099.jpg

 

Mozart ∙  Amsterdão  Bloemenmarkt

 

Idade: 3 anos.

O que mais gosta: Adora ir ao parque.

 

Este menino e os seus Humanos são parisienses e encontrei-os no mercado das flores .

  

E o vosso Patudo?

 

...

 

Mozart ∙  Amsterdam series  Bloemenmarkt

 

Age: 3 years old.

What he likes the most: He loves to go to the park.

 

This boy and his Humans are Parisians and I met them at the flower market .

 

And your Pawfriend?

Dhamana

by Joana Cordeiro, em 01.04.19

IMG_31333.jpgIMG_3149.jpg

 

Dhamana ∙  Amsterdão  Museumplein

 

Idade: 12 anos.

O que mais gosta: Adora dormir, comer e receber carinhos.

  

E o vosso Patudo?

 

...

 

Dhamana ∙  Amsterdam series  Museumplein

 

Age: 12 years old.

What she likes the most: She loves to sleep, eat and to cuddle.

 

And your Pawfriend?

Cãodeeiros Portugueses

by Joana Cordeiro, em 29.03.19

Cãaodeeiros portugues.jpg

 

Colar isabelino, E-collar, Abajur, Cone da vergonha...

 

Quem tem ou teve animais já deve conhecer este "instrumento de tortura". Para quem não conhece aqui fica a definição:

Those who have or had animals already know this "instrument of torture". For those who don't know it here is the definition in English.

E-collar-photo.jpg

 

Hoje venho vos apresentar uma publicação diferente: uma coletânea de cãodeeiros portugueses cheios de pinta e boa disposição (ou não ), enquanto usam os seus estilosos abajures.

Today present you a different type of post: a Photo Collection of Portuguese dogs wearing their cones of shame, showing us how to be amazing even at their worst.

 

Digam nos comentários quem elegem para o cãodeeiro português do ano 2019! Todos são vencedores só pelo simples facto de terem ultrapassado este difícil desafio ! Caso queiram conhecer melhor cada um deles carreguem na fotografia!

Say in the comment section who you choose as the Portuguese dog-lamp of the year 2019! All of them are already winners just for overcoming this difficult challenge! If you want to know them better, just click on the photograph!

 

____________________________________________________________________________________________________

 

Apollo ∙ @apollothemaster

 

"Durante um mês eu tive um cãodeeiro no lugar do cão, parecia a terceira guerra mundial: Apollo vs Cone. E claro quem ganhou foi o cone que aguentou todos os rounds, apesar de quase sair derrotado e perder a proteção em volta."

"For a month I had a dog-lamp instead of a dog, it looked like the third world war: Apollo vs. Cone, and of course who won was the cone that held all the rounds, despite almost coming out defeated."

 

Apollo.png

 

____________________________________________________________________________________________________

 

Apolo ∙ @vania.s.leite

 

"A experiência foi muito constrangedora para ele porque estava sempre a ir contra paredes e ele é muito hiperativo. Mas teve que ser, porque os "dito cujos" dele tinham inchado muito:"

"The experience was very embarrassing for him because he was always going against the walls and he is very hyperactive. But it had to be because his "nuts" wore swollen."

 

Apolo.jpg

 

____________________________________________________________________________________________________

 

Burpee ∙ @burpee2bohemia

 

"Inicialmente tive as clássicas "pancadinhas" na parede a cada curva que dava e as tentativas de tentar livrar-me do abajour. Nos dias frios e ventosos, típicos do mês de Janeiro, as caminhadas tornavam-se mais complicadas, principalmente quando eram feitas contra o vento...lá andava a cabeça descontrolada a querer virar contra a minha vontade! Roubar meias (ou qualquer outra coisa que pudesse fazer com que andassem atrás de mim - best game ever!) também passou a ser uma missão difícil porque era sempre apanhado antes de encontrar a técnica certa para as agarrar! Acabei por me adaptar poucos dias depois (até porque tive de o usar mais tempo do que era suposto) e brincava e corria à vontade, como se não o estivesse a usar!"

"Initially I had the classic "collisions" with the walls whenever I attempt to get rid of the collar. On the cold and windy days of January, walks became more complicated, especially when they were against the wind... my head (and collar) moved against my will! Stealing socks (or anything else that could make my humans chase me - best game ever!) also become a difficult task because I was always caught before I found the right technique to catch the socks! I ended up getting adapted a few days later and then, I could play and run as I was not using it! 

 

Burpee.jpg

 

____________________________________________________________________________________________________

 

Catita ∙ @catitathecrazymutt

 

"Gostei muito desta experiência de cãodeeiro, iluminei ainda mais a vida da minha humana. "

"I really enjoyed this experience of being a dog-lamp, I have brightened the life of my human even more."

 

IMG_0648.jpg

 

____________________________________________________________________________________________________

 

Cookie ∙ @cookie.uniquebreeddog

 

“Os meus queridos humanos acharam muito piada ao facto de eu ter que andar com esta coisa ao pescoço, deram gargalhadas às minhas custas. Para me vingar, durante a noite, entrava no quarto e acordava-os ao dar com o cone nas pernas da cama.”

"My dear humans found it very funny, me wearing this thing around the neck. They laughed every single day. To get my revenge, I would enter the bedroom, during the night, and wake them up as I hit the cone everywhere."

 

Cookie.jpg

 

____________________________________________________________________________________________________

 

Cooper Manuel ∙ @coopermanuelthebeagle

 

"Colar certificado com o selo “não destrutivo” após duas semanas de traquinices."

"Certified e-collar with a "non-destructive" seal after two weeks of wildness."

 

Cooper.jpg

 

____________________________________________________________________________________________________

 

Gaby ∙ @gaby_gabiruh

 

"A Gabi foi esterilizada dia 12 de Novembro. Ela é uma pinga amor e adorou passar o dia na clínica veterinária. Esteve sempre animada e feliz por ver outros cães. Quando a fomos buscar tinha frio e choramingava, passou muito mal a noite. Para compensar recebeu uma haste de veado e um peluche novo. Ela gostava tanto de usar o colar isabelino que no dia que o tirou ficou triste, mas tive de tirar porque ela comeu cocó e ficou sujo. "

"Gabi was sterilized on 12 November. She is a lovely girl and loved to spend all day at the veterinary clinic. She was always excited and happy to see other dogs. When we went to get her, she was cold, it was a very bad night. To reward her, we gave her a deer rod and a new teddy. She was so fond of wearing the Elizabethan collar that the day she took it off she was sad, but I had to take it because she ate poop and the collar got dirty."

 

Gaby.jpg

 

____________________________________________________________________________________________________

 

Gil ∙ @mumoftwo.dogs

 

"Eu a tentar sintonizar o Petflix com o meu satélite "

"I try to tune Petflix with my satellite."

 

Gil parabólica.jpg

 

____________________________________________________________________________________________________

 

Güera ∙ @ingridmcorreia

 

"A Güera não adorou a experiência e o seu cãopanheiro Charlie ainda menos, pois ela batia-lhe com o colar, bloqueava as portas e o acesso a comida fácil."

"Güera didn't love the experience and her dog-friend Charlie even less, because she beat him with the collar, blocked all the doors and  had access to easy food."

 

Guera.jpg

 

____________________________________________________________________________________________________

 

Hochi ∙ @hochi_lindo

 

“Depois da operação às narinas tive de usar este colar . Não foi o momento mais glorioso da minha vida mas...ao menos não fui candeeiro!”

"After my nostrils' surgery, I had to wear this collar. It was not the most glorious moment, but... at least I was not a lamp!"

 

Hochi.jpg

 

____________________________________________________________________________________________________

 

Kyra ∙ @kyra.05

 

“Foi uma experiência com mixed feelings. A Kyra odiou... Nós adorámos, porque foi a primeira vez que ela levantou as duas orelhas.”

"It was an experience with mixed feelings. Kyra hated... We loved it because it was the first time she raised both ears."

 

Kyra.jpg

 

____________________________________________________________________________________________________

 

Mel ∙ @mel.amorde4patas

 

"A Mel quando foi esterilizada saiu do hospital com o "abajur" como batizamos cá em casa. Mal chegámos ao carro tivemos de lhe tirar, porque ela gosta de ir aos nossos pés e assim não iria confortável. Já por casa víamos que andava sempre muito desorientada e muito triste e então não usava quando tinha a nossa supervisão. Acabamos por arranjar uma camisola velha para lhe vestir e assim não lambia a costura. Assim só usava o "abajur" quando tínhamos que sair, mas nessas alturas ficava sempre deitada a dormir e sempre muito triste."

"When Mel was sterilized, she left the hospital with this " lamp thing". Soon we get to the car we had to take it because she likes to go near our feet during the trip. We ended up dressing her in an old sweater instead of using the collar so she did not lick the suture. So she only used the "lamp thing" when we had to leave her alone, but at that point, she was always laying down. sleeping (and very sad)."

 

Mel.jpg

 

____________________________________________________________________________________________________

 

Miura ∙ @vitormartinsz

 

"História do colar desfeito: o Miura por motivos de saúde teve de ser operado e teve direito a colar, o primeiro apenas durou um par de horas pois ele conseguiu destruí-lo super rápido, basicamente descobriu que se corresse a alta velocidade contra tudo conseguia partir o colar e assim lamber a ferida à vontade. Teve direito a colar novo, manteve a mesma tática mas este já não partiu totalmente, mas sim aos pedaços que ele conseguia morder. Apenas durou mais um par de dias e depois desistimos do colar. "

""History of the crashed collar: For health reasons, Miura had to be operated and to use the e-collar. The first one only lasted a couple of hours because he managed to destroy it super fast, basically, he discovered that if he ran at high speed against everything he would destroy it. Then, he put a new one. He kept the same tactic, but this time didn't function so well. It only lasted a couple of days and then we gave up."

 

Miura.jpg

 

____________________________________________________________________________________________________

 

Molly ∙ @molly_sousa

 

"Ser um cãodeeiro não significa ter de ficar em casa. Apesar de me sentir ridícula, os meus donos fizeram-me esquecer este abajur e levaram-me ao parque. "

"Being a dog-lamp does not mean that I have to stay home. Although I feel ridiculous, my owners made me forget this lamp and took me to the park"

 

Molly.jpg

 

 

____________________________________________________________________________________________________

 

Nutella ∙ @nutella_stagram

 

"Há cerca de 1 mês tive que usar o colar Isabelino aka candeeiro desconfortável. As portas passaram a ser demasiado estreitas e as formigas que tanto gosto de perseguir uma ideia longínqua 
Contudo... no meio da desgraça, há que manter o nível não é verdade?"

"About 1 month ago I had to wear the Elizabethan collar aka uncomfortable lamp. The doors became too narrow and the ants I love long to chase were too far away. However... in the bad times, you have to keep the sense of style, don't you agree?"

 

Nutella.jpg

 

____________________________________________________________________________________________________

 

Pepa ∙ @pepathelab

 

"Foi uma experiência horrível, não gostei nada. Não conseguia brincar sem me aleijar, nem apanhar a bola quando estava no chão. Para além que ficava presa em todo o lado, e ia contra tudo, porque não via nada do que se passava à minha volta. Não tenciono repetir!"

"It was a horrible experience, I didn't like it at all. I couldn't play without hurting myself and I couldn't catch the ball. Besides, I was stuck everywhere and I went against everything because I didn't see where I was going. I will not repeat this experience! "

 

Pepa.jpg

 

____________________________________________________________________________________________________

 

Pipoca ∙ @pipocathebeagle

 

"Qual a minha experiência em usar o colar? Ora bem, posso ficar um pouco aborrecida mas consigo fazer tudo com ele, comer, beber, dormir... até vou para debaixo dos lençóis e brincar! Vou contra tudo e todos (!) quando estou com o colar ."

"My experience using this thing? Well, I was a little upset, but I did everything with it, I eat, drink, sleep ... I even did go under the sheets and play! I was beating everything and everyone (!) when I have the collar on."

 

Pipoca.jpg

 

____________________________________________________________________________________________________

 

Tobias ∙ @tobias.weimaraner

 

"O Tobias com ou sem cone é um trapalhão, a correr atrás da bola deu um trambulhão!" 

"Tobias with or without the cone is a bummer. He runs after the ball and is always falling down!"

 

Tobias.jpg

 

____________________________________________________________________________________________________

 

Zola ∙ @mybiglittledog

 

"Está na cara o quanto a Zola ficou chateada! E para se vingar andava arrastando a cone nas paredes da casa..."

"Her face is showing how much Zola was upset! And to get her revenge she was dragging the cone on the house's walls..."

 

Zola.jpg

 


ABOUT THE PROJECT

Like dog, like owner. Telling their stories.

ABOUT ME

 

Portuguese © // Animal lover 

Veterinarian // Storyteller

E-mail: the.pawtrait@gmail.com


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Archive

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D